domingo, 8 de março de 2015

Verdades ou mentiras?


Como viver sem saber que o que acontece com você acontece com outros, talvez nesse mesmo dia, na mesma hora. Duas vidas completamente opostas, uma estuda de dia, o outro trabalha à noite, durmam a tarde e tem o mesmo sonho. Voando em cima do mar, como pássaros voam naquele céu azul sem nuvens.

Eu que o diga de um dia perceber que as nossas ilusões são importantes, mesmo que sejam somente ilusões, fazem parte da sua realidade. Então você se entrega para essas ilusões e vive uma vida desregrada, às vezes até sem sentido, embora lute para transformar o quotidiano em uma realidade imortal. Viver sem se lembrar da finitude, indo direto ao abismo sorrindo, sendo educado com seu vizinho, sem prestar atenção àquela dona de casa que deixou cair a sacola no chão. Ou então o serviço porco do guardador de carro, ao lavar um veículo imundo. Uma lambança só, com lama e sujeira.

Quanto vale um dizer? Quem sabe você não tivesse mudado o mundo se escolhesse o sorvete de chocolate ao invés do de baunilha. Ou começado a terceira guerra mundial. E o que é melhor, dizer sinceramente que não ama nem odeia, que gostaria de sair do mundo de ilusão matrimonial e fazer a vida valer mais um pouco do que ver televisão o dia todo.

Qual a verdadeira razão da gente estar aqui nesse minuto criando frases, mudando a eterna dimensão mortal de carne e osso, ou nos envolvendo em um manto de castidade e pureza indisciplinadamente estúpido sem ser cruel, ignorando as pessoas negativas de toda parte, até se ver completamente só. O ordinário satisfaz, façamos o correto de todo dia. Viajamos pelas ondas wi-fi e no tempo. A toda hora participamos da rede mundial de computadores.

O tempo voa e você não percebe até o anoitecer. Aquela hora é especial. O nascer do dia também. Cada um traz um apelo diferente. A qualquer momento trarei uma resposta à dúvida que eu tinha e ao buscar um maior conhecimento de um todo equivocado, eu percebo que a qualquer dia me esqueço do meu fim. E do meio de conseguir demarcar meu território.

Pra que tentar entender o inevitável, se a todos os minutos ele passa numa velocidade infernal, é importante perceber que não se trata de outra ilusão, mas de um pensamento construtivo, de algo que deixará um legado de energias positivas. Sem qualquer porém, à todos. Não perca a calma e se deixe guiar pelo coração. Faça isso sempre, se mostre complacente, independente, alguém a quem se orgulhar.

A quem devo dizer se tratar de uma honra mostrar um trabalho consistente e sofisticado, trazendo um apelo universal ao elemento construtivista, entoando o lema da igualdade e fraternidade, aperfeiçoando os passos dados outrora. Ao manifesto independente de um grupo de grandes pensadores. Mostrando a que veio, uma voz nas ruas da cidade grande.

Deixo-lhes agora uma mensagem positiva que traga a você e a sua família muita saúde, bem estar, e dinheiro... 

Nenhum comentário: