quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Kama Sutra do Diabo - parte IV



João Luiz caiu no inferno. No momento em que ele chegou seu corpo pegou fogo. Um fogo que ardia suas entranhas, uma dor insuportável, ele gritava, pedia clemência, rezava para deus, mas nada adiantava. Ele fora recebido pelo Satan em pessoa. Um demônio enorme, com chifres enormes e olhos de fogo. Após seu corpo ser totalmente queimado, milagrosamente foi restituído, era hora de um outro tipo de tortura. Ele foi levado para uma câmara inferior de um castelo no meio do inferno. Pequenos demônios o botaram em uma maca e o carregaram até lá.

Pareciza que ele estava em um hospício, ele viu pessoas que pensavam ser Napoleão Bonaparte, Hitler, Stalin, e alguns membros da Klu Klux Kan.

- Mocinho, eles não estão loucos são eles mesmos, eles adoram nossas torturas, logo você também irá gostar. Olha que privilégio, você aqui, perto de pessoas tão famosas.

Colocaram João em cima de uma mesa e amarraram seus pés e mãos, ele estava todo esticado. Um pequeno diabo girava uma roda que esticava ainda mais os ossos de João, logo, todos seus membros foram deslocados. Eles pegaram pequenos besouros e colocaram em cima de sua barriga. Eles comeram sua pele e entraram dentro de seu corpo, comendo seus órgãos internos.

Depois, pegaram João e cimentaram seu corpo de cima para baixo e o obrigaram a comer deliciosos alimentos, doces, frangos,carnes vermelhas, refrigerante e cerveja. João se lambuzou na comida, ele não conseguia se controlar. Só que tudo que entra tem que sair e ele estava cimentado. Seu corpo inteiro se encheu de merda e ele morreu no inferno, retornando de novo após cinco minutos ao corpo saudável no inferno, pronto para mais um tipo de tortura.

João foi enganado, ele começou a reclamar com Satan que mandou cortar sua língua. O demônio mandou os diabinhos o levaram para o poço sem fundo, onde ele iria cair eternamente, enquanto corvos comiam seus olhos e nariz.

Até que João começou a rezar, ele entendeu que fora hipnotizado pelo livro Kama Sutra do Diabo e que ainda amava sua namorada. ele rezou o pai nosso a ave maria, pediu clemência para deus. Mas ele não conseguiu nada, até que ele chorou, uma lágrima do verdadeiro arrependimento. ele estava caindo para sempre.

Até que uma luz apareceu, era Letícia, ela abraçou seu namorado e disse que ainda o amava. João viu seu corpo se integrando ao corpo dela como se os dois fossem um. Todas as energias negativas dele foram limpas por Letícia e os dois subiram juntos aos céus.

O demônio do casarão gritava, esperneava, com a vampira morta a seus pés. Ele perdera novamente a batalha para Deus, e foi mandado novamente ao inferno...

Nenhum comentário: