segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Carnaval



Semana de festa, de fantasia, onde todas as estripulias sexuais são bem-vindas. A festada carne, e que carne vemos na televisão, no carnaval do rio de Janeiro.

Festival de bundas e peitos, a televisão vira  um espetáculo hipnótico que transforma qualquer ser cândido em um endiabrado infernal.

A festa é católica, tem suas origens na Grécia, e é patrimônio cultural brasileiro. Assim como o futebol que foi inventado pelos ingleses, mas que encontrou sua redenção no Brasil.

Minha cidade é o antro dos blocos carnavalescos, eu mesmo gravei umas músicas de um bloco uma vez e misturei com guitarras distorcidas fazendo um som bem estranho.

É uma mistura de cores, de corpos, o retrato do Brasil multicultural. Quem não gosta da farra?

Bom, eu to meio velho, Hoje curto mesmo é um bom silencio.

Cadê ele?

Nenhum comentário: