segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

TROPICÁLIA



Dirigido por Marcelo Machado, o documentário Tropicália (2012), traz a tona um dos períodos mais criativos da história da música brasileira.

Recheado de imagens da época, Tropicália apresenta às novas gerações grandes nomes da música feita em nosso país, os festivais da época, os programas da TV, as manifestações (inclusive uma que considero hilária, contra o uso de guitarra na música brasileira, mas que teve grandes nomes da MPB entre seus participantes).

Caetano Veloso e Gilberto Gil, dois gênios que aparecem como os maiores incentivadores do movimento nos contam as influências e suas histórias de vida.

Os mestres Jorge Mautner e Tom Zé nos encantam com suas peculiaridades e Rita Lee e os Mutantes com a beleza e criatividade.

Não poderiam faltar também as artes plásticas, o cinema e o teatro que montaram junto com a música, um caldeirão cultural efeverscente, que transformou a cultura do Brasil.

Caetano e Gil aparecem na Inglaterra, exilados por um país que vivia uma época de ditadura.

Com a redemocratização, eles voltam, mas a Tropicália já havia acabado, ficando apenas o gosto e a estética em nossas memórias e a influência que ainda exerce sobre tantas gerações.

Nenhum comentário: