quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Verdade?!


- É, chega... tenho que falar para minha família e meus amigos.
- Nããããoooo! Por favor não conte a ninguéééém!
- Por quê? Não devo nada a ninguém. Além disso é melhor assim, honestidade e coragem. Além do mais preciso corrigir meus erros.
- Não esquenta, não conta não. Por favor!
- Tá bom, mas não mudei em nada meus pensamentos.
- Eu sei, normal, mas não cooontaaaa!
- Tudo bem.

Dias depois, facada nas costas.

Medo? De minhoquinha que se acha cobra?

Nenhum comentário: