sábado, 27 de novembro de 2010

Adeus

Tenho escrito sobre o amor e a liberdade.
Mas eu não tenho sido justo com você.

Tenho escrito sobre dominar o medo.
Mas eu tenho tido medo.

Tenho escrito sobre não se submeter.
Mas eu tenho sido submisso.

Tenho falado sobre lutar por um mundo melhor.
Mas falar não é fazer.

Tenho dito que não tenho segredos.
Mas só você que os conhece de verdade.

Tenho sido cobrado e até manipulado.
Mas não por você.

Tenho visto que errei.
Mas eu não consertei.

Infâmias, injúrias, calúnias e difamações.
Só porque não falei a verdade.

Meus inimigos estão no poder.
Mas que culpa eu posso ter?

Eu só queria te amar.

Éssa é minha única verdade.

No entanto,

Adeus...

Nenhum comentário: