quarta-feira, 22 de setembro de 2010

LEMBRANÇAS



LEMBRANÇAS
Paulo Almeida

TODO DIA EU SINTO A SUA FALTA
SEMPRE PENSO EM VOCÊ
JÁ FAZ UM TEMPO QUE EU NÃO TE VEJO
EU QUERIA ERA SABER

SABER QUANDO VOCÊ VAI VOLTAR
TALVEZ POSSAMOS NOS ENTENDER
TENHO TANTO PARA TE MOSTRAR
VIVO SEMPRE A TE QUERER

REFRÃO:

EU NÃO SEI COMO PUDE SUPORTAR
NÃO CONSIGO TE ESQUECER
NÃO HÁ MAIS NINGUÉM QUE EU QUEIRA AMAR
EU PRECISO DE VOCÊ .... PRA MIM

FICO VENDO O AMOR NAS RUAS
LEMBRO SEMPRE DE NÓS DOIS
EU NÃO SEI SE É MINHA CULPA
DEIXO TUDO PRA DEPOIS

VIVO SEMPRE A TE PROCURAR
EU PROCURO UM VESTIGIO SEU
NÃO HÁ NADA QUE ACABE COM A DOR
DE PENSAR QUE PERDI O MEU AMOR

REFRÃO:

EU NÃO SEI COMO PUDE SUPORTAR
NÃO CONSIGO TE ESQUECER
NÃO HÁ MAIS NINGUÉM QUE EU QUEIRA AMAR
EU PRECISO DE VOCÊ .... PRA MIM