domingo, 15 de agosto de 2010

Alegria


Alegria
Paulo Almeida

Eu aqui nesse bar
Lembrava de você
Uma dose pra relaxar
Mas outra pra esquecer
Que um dia foi sensacional
Alegria de viver
Mas agora tudo é tão sombrio
Não queria te perder

Mas a vida pode ser assim
Com você longe de mim

Sei que pode ser assustador
Por isso a força é importante
Que pode estar em outro lugar
E mesmo que eu a encontre
Agora sei que eu não vou achar
Que outro dia eu te veja
Vou de encontro ao luar
E talvez possamos nos falar

Que outro dia eu a veja

Pois você é a alegria
Minha razão meu sofrer
Eu sei que você é minha
E eu não pude compreender
Eu não pude te entender

2 comentários: