segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Loucura loucura loucura !!!

Não sei quem falou, mas acho importante.

"Se você sempre seguir os conselhos dados por pessoas mais velhas e ditas mais experientes, não reclame se no futuro você olhar para trás e ver que sua vida foi um tédio".

Claro que é sempre bom ouvir os conselhos de pessoas que já passaram por muita coisa na vida, mas isso não quer dizer que deva segui-los.

Na verdade aprendemos mesmo é com os nossos erros. É importante vivê-los, ter nossa própria experiência.

Acredito que é um caminho tortuoso ir em busca de nossos sonhos, muitos te dirão que é impossível e que talvez nunca chegue lá.

Outros dirão que é preciso se adaptar para agradar a platéia, "que tal por duas mulatas gostosas em sua banda de pagode"?

Ou então, "pinte quadros de cachorros, as crianças gostam".

"Escreva livros de auto ajuda, esses vendem de verdade".

Em nosso país tropical é difícil viver de arte, achamos que a solução é ir pra fora, pois lá temos mais chance.

Pode até ser, mas a verdade é que é dificil pra todo mundo, não me esqueço de quando recebi uma foto que um tio meu me enviou de um músico pedindo esmola na Austrália.

A verdade é que se você tentar se adequar ao que os outros acham que é vendável, você parecerá falso.

Pinte um quadro das entranhas de uma vaca, ou faça uma música com latas de lixo, pode não ser um sucesso, mas você não trairá a si mesmo.

A não ser é claro que você goste de Eguinha Pocotó, Paulo Coelho e Andy Warhol.

Aí meu caro, mergulhe fundo na lama...

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

O que é o amor?


É uma saudade imensa quando está longe.

É uma impaciência tremenda quando se está perto.

É o suor a dois.

É algo que transcende todas as expectativas.

É a felicidade no tédio.

É a razão de viver.

É a alegria compartilhada.

É a tristeza sem remorso.

É o companherismo exacerbado.

É a união dos opostos ou dos iguais.

É o sorriso vindo do nada.

É o brilho nos olhos.

É a aceitação sem questionamentos.

É o compartilhamento das virtudes e das falhas.

É a amizade.

É a paixão.

É o fim da solidão.

É a morte sem medo.

É a vida.

É um poema fraco, mas forte ao mesmo tempo.

É um foda-se pra tudo.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Felicidade


Vejo nos seus olhos a loucura de uma vida.
A loucura de uma vida na busca pela felicidade.

Vejo na busca pela felicidade um sonho intangível.
No sonho intangível, a imortalidade.

Vejo na imortalidade o tédio.
O tédio é produto da inércia.

Vejo na inércia a depressão.
A depressão traz a tristeza.

A tristeza é produto da busca pela felicidade.
Não busque a felicidade.

Viva-a.