segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Cavaleiro das Trevas


Já tinha visto o Batman Begins, e todos o outros filmes com Tim Burton. Até um com o Swarzenegger vivendo um homem de gelo (muito ruim). 

Quando Tim Burton lançou o primeiro Batman há anos atrás era considerado uma versão mais Dark do Batman. 

Também, estávamos acostumados com o seriado das antigas, onde aparecia um Batman gordo com seu "amigo" Robin fanzendo uma dupla de fanfarrões contra o crime. 

Então, eis que surge o Batman lutando sozinho contra o crime, em uma Gothan City Gótica e escura. O vilão? Era o Coringa, e o ator Jack Nicholson. Ele foi o ponto alto desse filme. 

Aliás, depois desse, teve ainda vilõs famosos na sequências, ma o grande problema é que os filmes ficaram carunescos demais. E infantis demais também.

Depois veio Batman Begins, com uma abordagem totalmente diferente. Foi um filme bem realista, mostrando um Batman que poderia até existir. 

A sequência, O Cavaleiro das Trevas, ficou famoso antes mesmo de estreiar, depois da morte do ator Heath Ledger que interpreta o Coringa nesse filme. 


Todo mundo queria ver a atuação do falecido. E realmente, a presença de Coringa nesse filme é fantástica. É ação o tempo todo, loucuras, genialidade...

É um filmaço! Não para, você acha que chegou no ápice da história, mas segndos depois acontece outra coisa que põe o Batman para trabalhar.

A atuação de Ledger foi ótima, mas não acho que mereça um Oscar só porque morreu. Tem momentos em que seu persnagem lembra o Brad Pit no filme Os Doze Macacos. 

Coringa é o personagem central da trama. O filme poderia muito bem ser do Coringa que do Batman.

Tendo faturado 996 milhões de dólares no mundo todo, Batman - O Cavaleiro das Trevas é um filme que se você não viu deveria ver, se já viu deveria rever.

Nenhum comentário: